As ações preferidas dos analistas para investir em janeiro

publicidade

O ano já começou agitado na área de ações e as expectativas são boas, vamos falar um pouco sobre as principais ações a se investir no mês de janeiro de acordo com analistas do ramo. O ano de 2019 foi marcante para o mercado de ações com uma alta de 32% na Ibovespa, já é o quarto ano de alta da bolsa brasileira.

Quem não gosta de uma renda extra não é mesmo, o mercado de ações é bem atrativo apesar da sua constante oscilação, existem riscos, mas quando bem planejado podem ser uma boa fonte de renda, por isso a importância de estar dentro das novidades do ramo acompanhar cada acontecimento.

Ações para janeiro

Se você se interessa pela área gostaria de investir no mês de janeiro nós vamos te dar dicas de quais empresas investir e o porque tudo de acordo com a visão de analistas da área, pessoas acostumadas com esse ramo. Se identificou com o assunto? Esse artigo foi feito para você.

Um pouco sobre o mercado de ações

A maneira de exemplificar é o seguinte existe a bolsa de valores e nessa bolsa existem a compra e venda de ações, pense em uma empresa como um pizza onde cada fatia que vai ser entregue para um pessoa é uma ação, quando alguém compra uma fatia se torna sócio da empresa e passa a ter alguns direitos dentro dela de acordo com cada estatuto.

De acordo com os resultados da empresa, da sua administração a pessoa pode ganhar ou perder dinheiro, por isso a importância da busca por empresas renomadas e bem administradas e preciso estar por dentro de cada detalhe, analisar se no futuro a empresa estará bem.

Existem pessoas especializadas em fazer essas previsões futuras são os chamados analistas de ações eles acompanham o histórico da empresa, seus lucros busca estar por dentro de todas as transações de compra e venda para no futuro saber aproximado o que vai acontecer com a mesma.

As perspectivas para as ações brasileiras têm sido boas nos últimos quatro anos apesar das dificuldade do país elas mostram crescimento, para o ano de 2020 o que se espera é que cresça ainda mais principalmente na área de consumo, devido a volta do poder de compra do brasileiro.

Entenda o que é carteira e portfólio

Dois itens imprescindíveis no mercado de ações, inclusive foram utilizados para chegar às empresas de destaque para esse mês de janeiro, documentos muito utilizados por todos que mexem nesse ramo de analistas, corretoras a acionistas.

publicidade

Carteira é um conjunto de ativos que pertencem a uma pessoa física ou jurídica, sendo que esses ativos podem ser títulos, ações, fundos, logo a gestão desse investimento demonstra a relação de risco ou ganho, ou seja é como se fosse uma conta das ações que demonstra tudo que você possui.

Já o portfólio é o conjunto de ativos que compõem a carteira, ele é mais importante do que as ações individuais, pois ele traz o resultado final do investimento.

Uma dica para deixar sua carteira mais sólida e com menos risco e diversificar nós seus investimentos para caso uma área esteja ruim a outra compense, mas sem exagerar no número de ações de empresas diferentes é bom diversificar,mas com cautela e medida.

Ações de destaque

Dentre as ações que mais se destacam a Petrobras (PTR4) é considerada a mais confiável e lucrativa, ela tem perspectivas de crescimento alta para os próximos anos, vem se destacando a cada ano.

Vale (VALE3) Nem os desastres e os constantes problemas conseguiram derrubar a gigante brasileira é para esse ano as perspectivas são de crescimento, a cada ano a remuneração dos acionistas aumenta o que explica a sua grande procura.

publicidade

JBS (JBS3) com a proibição de aves americanas pela china e o aumento da demanda cada vez mais por proteínas, a empresa se tornou bem atrativa e as expectativas para 2020 são boas.

Banco do Brasil (BBAS3) A expectativa para 2020 em relação aos bancos é boa, e o esperado é a retomada de crédito, como destaque está o BB, o banco tende a atingir patamares de banco privado.

Lojas Renner (LREN3) No setor de consumo a empresa se destaca e se mostra sólida no crescimento e lucratividade, a tendência é que os consumidores recuperem aos poucos seu poder de compra o que fortalece a loja, por isso 2020 promete.