BNDES Anuncia Suspensão de Cobrança de Empréstimos Por Seis Meses

BNDES Anuncia Suspensão de Cobrança de Empréstimos Por Seis Meses

No último domingo dia 22, o BNDES anunciou a suspensão da cobrança de empréstimos pelo prazo de 6 meses devido ao coronavírus. Pandemia que tem gerado prejuízos por todo o mundo.

publicidade

A Pandemia no Brasil já infectou 2201 pessoas e causou a morte de cerca de 46 pessoas, fez que milhares de pessoas ficassem em casa em home office sem tempo determinado, e está longe de acabar tudo indica que é só o começo.

publicidade

A suspensão faz parte de um pacote de medidas para reforçar o caixa de empresas e apoiar trabalhadores, inclui também a injeção de R$ 55 bilhões na economia para ajudar as pessoas que enfrentam os efeitos da crise.

Setores como Aeroportos, Petróleo e Gás, Portos, Transporte, Energia, Mobilidade Urbana, Saúde, Indústria e Comércio e Serviços serão beneficiados com a ação. Um total de R$ 30 bilhões será investido, de modo que R$ 19 bilhões vão ser destinados para as operações diretas e R$ 11 bilhões para indiretas

publicidade

No ano de 2019 o banco gastou um valor próximo a esse com desembolsos, cerca de 150 mil empresas receberão o dinheiro com o intuito de ajudá las a se manterem de pé durante a crise, estima se que essas empresas tenham cerca de 2 milhões de empregados. O pacote inclui a transferência de R$ 20 bilhões do PIS/PASEP para o FGTS dos trabalhadores

Em transmissão ao vivo pela internet Gustavo Montezano presidente do BNDS alegou que “São quatro medidas que injetam R$ 55 bilhões no sistema financeiro brasileiro” A ideia é “irrigar o bolso do trabalhador brasileiro”. No dia 5 de fevereiro foi realizado um leilão de ações da Petrobras o que gerou uma renda de cerca de 22 bilhões, que vai ajudar a cobrir os gastos, a ideia é ajudar os trabalhadores na crise para que eles consigam se manter.

publicidade

“Reconhecemos que o vírus tem que ser tratado com o devido cuidado – ele pode ser fatal para determinada camada da sociedade. Isso nos preocupa muito, a vida em primeiro lugar. Por outro lado, não perdermos emprego é muito importante. Assim sendo, essas medida são de extrema importância”, De acordo com presidente Jair Bolsonaro durante a transmissão de tv.

O banco pretende destinar créditos para micro e pequenas empresas para ajudar nesta hora delicada, para que essas empresas não venham a falência o que é muito importante, elas não vão precisar motivar o destinos da ajuda ao pedir os empréstimos e terão um prazo de até 60 meses para pagar.

publicidade
publicidade

Quanto ao banco o presidente Gustavo Montezano alega que devido a novas tecnologias implantadas é possível que ele funcione normalmente com os funcionários em casa, só mudando algumas operações presenciais, mas que também podem ser realizadas através de aplicativo.