Dólar opera em queda e volta ao patamar de R$ 4,70 logo após de bater recorde histórico

Dolar opera em queda

Na última sexta feira 13 o dólar operou em queda, na véspera havia atingido novo recorde, não é de hoje que o mercado financeiro passa por uma turbulência, a pandemia coronavírus é os problemas na área do petróleo geraram grande instabilidade e números históricos não só para o dólar, mas para o mercado financeiro em si.  

publicidade

Porém nesta manhã ocorreu um alívio na cotação da moeda, essa queda no dólar acompanha a melhora no mercado europeu onde as principais bolsa subiram 5%, o petróleo também já demonstra recuperação no preço. Aproximadamente 9h e 7m a moeda chegou a 4,7093 o que representa uma queda de 1,65%.

publicidade

Durante a manha nesta sexta feira o Banco Central fez intervenções no mercado, no total vão ser feitas duas operações, cuja liquidação é 17 de março. Em relação a essas operações elas foram denominadas leilão A e B, O leilão A vai fazer a recompra no dia 5 de maio, já no leilão B a devolução dos dólares ao Banco Central é dia 2 de julho.

Esse leilão de hoje traz ao mercado dinheiro novo, medida que não acontecia desde 17 e 18 de dezembro do ano passado na época foram vendidos no mercado US$ 2,50 Bilhões. Na última quinta o dólar fechou a R$ 4,78 que corresponde uma alta 1,41%, o dólar chegou a 5,0277 com um aumento de 6 %. Com esses números o avanço do dólar em relação ao real chega a 19,41%

publicidade
publicidade

Depois que o Banco Central anunciou na última quinta leilões extras de dólar o mesmo teve uma aliviada na alta, o valor injetado foi de R$ 2,25 bilhão, já o Federal Reserve originário de Nova Iorque buscando pelo alívio aos mercados anuncia a recompra de US$ 1,5 trilhão em operações de recompra.

Ainda nesta semana o Banco Central realizou operação de swap cambial tradicional, que para quem não sabe é um conceito utilizado pelas ações de intervenção no mercado realizadas pelo Banco Central para evitar a desvalorização do câmbio e da inflação, busca por níveis adequados de taxa de câmbio. Desde segunda feira o Banco Central vendeu dólares à vista de até 7,245 bilhões e injetou US$ 10,5 milhões via contrato de swap cambial.

Seguindo esta linha de mercado a Bovespa abriu em alta acima dos 80 mil pontos o que é muito bom depois de ter passado por dois circuit breaker, que são as paradas na bolsa diante de queda brusca, sendo que o primeiro se dá por meia hora quando se tem quedas de 10% e o segundo a pausa e maior de uma hora para quedas de 15%.