Empréstimo para Autônomo do BNDES

publicidade

Se você está em busca de um empréstimo e se encaixa na classe de trabalhadores autônomos, uma boa opção pode ser o empréstimo disponibilizado pelo BNDES para a modalidade.

O número de microempresários têm crescido no mercado e muitos precisam de empréstimo para reforçar o seu comércio dentre outros gastos, na verdade o motivo não é relevante. Os bancos buscam cada vez mais captar esse público e facilitam na hora do empréstimo para classe.

publicidade

Para quem deseja saber o que é um empréstimo para autônomo, como conseguir, quem tem direito, deseja também ter acesso a taxas e uma visão geral da modalidade, este artigo traz informações bem interessantes.

Empréstimo para Autônomo do BNDES

O que é um empréstimo para Autônomo do BNDES?

É um tipo de empréstimo especial, destinado a um público que é muitas das vezes excluído de alguns tipos de empréstimo, por não terem como comprovar renda. É voltado para pessoas que trabalham por conta própria, denominados trabalhadores autônomos. Geralmente precisam de algum bem como garantia.

Como Funciona Empréstimo para Autônomo do BNDES?

O trabalhador autônomo interessado se dirige a algumas das agências do BNDES ou faz o requerimento através do site que vai ser citado mais a frente. O banco vai pedir alguns dados como CPF, RG, endereço dentre outros e vai acessar o histórico bancário do requerente.

Como ele é autônomo o banco geralmente faz uma pesquisa das movimentações bancárias dos últimos 90 dias da pessoa, tem todo uma análise de crédito para ver se a pessoa é capaz de arcar com as parcelas do empréstimo.

Caso seja aprovado o dinheiro é depositado a vista em uma conta BNDES e o cliente paga aos poucos em parcelas com juros e correção.

Quem tem direito?

  • empresas que sediadas no Brasil;
  • empresários individuais (pessoa física com CNPJ)
  • microempreendedores individuais (pessoa jurídica);
  • cooperativas;
  • pessoas físicas que exerçam atividades econômicas e sejam devidamente registradas exemplo: caminhoneiros e produtores rurais;
  • Enfim trabalhadores autônomos que tenham condições de arcar com a pagamento do empréstimo. Cada vez mais os bancos se interessam por esse público e facilitam o acesso do mesmo a empréstimos.

Taxas do empréstimo?

Não existem um dado certo certo sendo a taxa colocada de acordo com cada cliente, mas estima se que a taxa cobrada seja de 12% ao ano, a pessoa tem até 48 meses para parcelar e quitar a dívida.

publicidade

Dá pra pedir pela internet? 

Você pode fazer esse empréstimo pela internet. O primeiro passo é entrar no site do bndes e utilizar o simulador com os seus dados para ter um noção inicial de quanto ficaria o empréstimo. É interessante baixar um programa de proteção de dados para evitar dor de cabeça. 

A resposta é enviada para o seu e mail se você considerar os valores atrativos pode clicar na opção de empréstimo online. No site basta você informar os seus dados e esperar para análise de crédito se aprovado o banco entra em contato e deposita a quantia e a pessoa começa a passar as parcelas na data combinada.

Precisa ser cliente para pedir o empréstimo

Não é necessário que a pessoa já seja cliente, qualquer um tem acesso desde que esteja entre os requisitos pedidos, porém para receber o empréstimo a pessoa precisa ter conta no banco, então após a operação a pessoa passar a ser cliente.

publicidade

Requisitos:

  • Cumprir com as obrigações fiscais, tributárias e sociais;
  • Apresentar cadastro satisfatório(Bom histórico bancário);
  • Ter capacidade de arcar com as parcelas;
  • Dispor de garantias para suprir o risco da operação;
  • Não estar em regime de recuperação de crédito;
  • Estar em dia com a legislação ambiental.

Vale a pena?

Vale a pena fazer esse tipo de empréstimo quando você está precisando de um dinheiro extra para investir nos negócios, fazer uma viagem, compra um imóvel, investir na sua empresa, pagar uma dívida, as taxas não são tão altas e o processo é facilitado.

O ideal é não se precisar de recorrer a um empréstimo ter um bom controle financeiro um fundo de reservas, mas nem sempre é possível esse controle, muitas das vezes as coisas não saem como planejado e nessas horas um empréstimo pode ser a salvação.