Empréstimos Emergenciais: Micro-empresários podem conseguir durante a Pandemia

publicidade

Já escutou falar sobre os empréstimos emergenciais e quer saber que micro- empresário pode conseguir um empréstimo durante a pandemia, nós podemos te ajudar com informações sobre o tema.

Os bancos sempre querem lucrar e correr o mínimo de risco possível, por isso empréstimo a microempreendedores não é uma área de muito interesse dessas instituições, porém com o novo cenário econômico do país alguns bancos se solidarizaram e aderiram a empréstimos facilitados a categoria.

publicidade

O governo resolveu ajudar aos micro-empreendedores incentivando instituições financeiras a cederem um empréstimo direcionado a essas empresas, mas o programa ainda não entrou em vigor. Se você quer saber mais sobre essas medidas e deseja saber como conseguir um um empréstimo emergencial, continue com a gente.

publicidade

Empréstimos Emergenciais: Micro-empresários podem conseguir durante a Pandemia

Como Funcionam esses Empréstimos Emergenciais?

Os empréstimos emergenciais foram criados para ajudar micro-empresários a superar essa fase tão difícil que estamos enfrentando com a pandemia do coronavírus.

publicidade

Basicamente funciona assim a microempresa procura o banco e mostra o interesse em adquirir o empréstimo e de acordo com as suas características o dinheiro é disponibilizado a mesma, que paga para o banco o dinheiro que recebeu a vista como empréstimo, parcelado e com juros. Tudo de maneira facilitada e com juros menores

Quais as melhores opções para os micro-empresários?

O BNDS fez uma cartilha que fala todos os empréstimos disponíveis a essa classe, como taxas e condições facilitadas.

A Caixa também tem um empréstimo especial para a classe e tem empréstimos como:

  • Giro Caixa Fácil, possui taxas reduzidas, e uma carência entre 2 e 6 meses
  • publicidade
  • Giro Caixa, taxas que são em torno  de 0,8% e você pode pagar em até 60 meses
  • Cartão empresarial, com taxas reduzidas e até 90 dias de fatura

Em maio o presidente Jair Bolsonaro criou um programa de incentivo e proteção às microempresas chamado Pronampe( lei federal nº 13.999, de 18 de maio de 2020). Desde que tenham interesse podem participar do programa as seguintes instituições citadas em lei:

publicidade
  • Banco do Brasil;
  • Caixa Econômica Federal; 
  • Banco do Nordeste do Brasil; 
  • Banco da Amazônia; 
  • Bancos estaduais e as agências de fomento estaduais; 
  • Cooperativas de crédito e os bancos cooperados; 
  • Empresas de maquininhas de cartões; 
  • Fintechs; 
  • Organizações da sociedade civil de interesse público de crédito; 
  • Demais instituições financeiras públicas e privadas autorizadas a funcionar pelo BC
  • publicidade

Até o momento o BNDS, a Caixa e o Banco do Brasil foram os bancos que mostraram interesse a aderir ao programa de empréstimo aos micro-empresários e tem buscado oferecer condições melhores a classe. Os empréstimos através do programa ainda não começaram a ser disponibilizados, a previsão é que comecem em julho.

A taxa será baseada na taxa Selic que gira em torno de 3% na atualidade mais 1,25% ao ano que fica em torno de 4,25% ao ano, taxa baixa se for comparada às taxas do mercado para área. A empresa terá até 36 meses para pagar. 

Vale a pena?

Para quem consegue ter acesso ao empréstimo é uma boa opção as taxas são baixas, você tem uma boa quantidade de tempo para pagar e com esse dinheiro pode investir no seu negócio, se manter nessa fase tão difícil, manter a economia aquecida, manter os seus empregados e a sua renda.

Quais são as taxas?

CAIXA

MEI

  • Taxas de até 1,59%
  • Até 9 meses de carência
  • 24 meses para a quitação
  • Crédito de até R$ 12500

Micro empresa

  • Taxas em torno de 1,4%
  • Carência máxima de 12 meses
  • Pagamento em até 42 meses 
  • Empréstimo máximo de R$ 75 mil

Pequenas empresas

  • Taxas a partir de 1,2%
  • Carência de até 12 meses
  • Pagamento em até 36 parcelas
  • Crédito máximo de R$ 125 mil

BNDES as taxas não podem passar de 4% ao mês, mas variam de acordo com cada empresa

publicidade

Dá para pedir online? 

Sim! Basta entrar no site dos bancos e solicitar o empréstimo, que devido a pandemia pode ser feito totalmente online, basta que a pessoa se cadastre e ofereça os dados solicitados e aguarde a análise de crédito. No caso de empréstimo pela CAIXA é necessário que a empresa esteja previamente registrada no Sebrae.

publicidade

Caixa

BNDS

Quais documentos são necessários?

Os documentos necessários para se conseguir um empréstimo são:

  • RG, CPF e comprovante de residência;
  • Certificado MEI;
  • Plano de Investimento;
  • Comprovante de renda pessoal e da empresa.