Manchester City é banido por 2 anos de competições internacionais por fraudes financeiras

publicidade

O Manchester City é um clube de renome e bem conhecido, é o atual segundo colocado no campeonato inglês, porém na última sexta feira dia 14 de fevereiro o tempo fechou para o time, que sofreu uma punição bem severa e que vai trazer consequências bem prejudiciais ao City.

fair play financeiro manchester citty

O time se não tivesse passado por esse ocorrido teria direito a vaga direta na Liga dos campeões, depois do apoio Árabe que veio no ano de 2008, o Manchester se desenvolveu e se tornou muito rico, devido a grande influência dos seus apoiadores, com isso se destacou e ganhou nome.

publicidade

Com isso o mundo da bola se abriu para o time e ele se tornou conhecido mundialmente, ganhou fama de time grande, mas ele ainda não ganhou o campeonato mais importante Europeu, que sem dúvida é uma meta desejada pelo time e agora vai ter de ser adiada

O time estava sendo acusado de fair play financeiro, criado para controlar a entrada e saída de recursos dos times e impedir que eles gastem mais do que ganhem, existem também todo um código de conduta que os clubes precisam seguir.

O Organismo de Controle Financeiro da UEFA considerou o time como culpado sobre as acusações que vinha sofrendo, o aplicando a penalidade de multa e ficar fora de campeonatos e jogos internacionais por 2 anos, á medida passa a valer para o próximo ano.

A acusação era que o time mexeu no balanço financeiro colocando um patrocínio falso visando burlar as leis de fair play, isso tudo ocorreu quando vazaram e mail e informações pela revista alemã Der Spiegel no ano de 2018.

A UEFA acusa o time de não cooperar com as investigações e burlar as regras mexendo em sua receita de patrocínio entre os anos de 2012 a 2016, o time acusava o site alemão de crime cibernético e negava as acusações.

Nesta sexta-feira, 14, o clube informou,que está “decepcionado, mas não surpreso” com o anúncio em comunicado e disse que recorrerá da decisão junto à Corte Arbitral do Esporte.

publicidade
publicidade

Na atualidade o time é dirigido pelo técnico Pep Guardiola e possui em seu elenco alguns brasileiros famosos como Gabriel Jesus e Fernandinho. O elenco enfrentará o Real Madrid nas oitavas de final.

De acordo com os textos vazados pelo site Alemão mostram uma maquiagem feita pelo dono do clube Sheikh Mansour bin Zayed Al Nahyan, que pertence a família que governa os Emirados Árabe, ele teria simulado um patrocínio, que não existiu, sendo que ele mesmo injetou dinheiro no clube e mexeu em balancetes, indo totalmente contra as regras do fair play financeiro.

Segundo balancete do time a patrocinadora Etihad teria dado aos cofres 67,5 milhões de libras, após a auditoria constatou que somente 8 milhões de libras seriam patrocínio da Etihad, o restante veio pela empresa de Mansour, o Abu Dhabi United Group, o que segundo as normas da Uefa é ilegal.