Paul Milgrom e Robert Wilson ganham Nobel de Economia 2020

Paul Milgrom e Robert Wilson ganham Nobel de Economia 2020

Na última segunda feira dia 12, os norte-americanos Robert B. Wilson  e Paul R. Milgrom, de 83 anos e 72 anos respectivamente, ganharam o prêmio Nobel da economia pela invenção de uma nova forma de fazer leilão, os dois são professores na Universidade Stanford. De acordo com a Real Academia de Ciências da Suécia “Os vencedores deste ano estudaram como funcionam os leilões. Eles também usaram seus insights para criar um novo leilão e formatos para bens e serviços que são difíceis de vender de uma forma tradicional, como frequências de rádio. Suas descobertas beneficiaram vendedores, compradores e contribuintes de todo o mundo. Os leilões estão por toda a parte e afetam o nosso dia a dia”.

publicidade

Uma das coisas descobertas pelos professores é que devido a “maldição do vendedor” (pagar a mais e ter prejuízo) a oferta é abaixo da melhor estimativa sobre o valor comum. Diante disso eles criaram um formato de vendas que permite a venda simultaneamente, os itens são inter-relacionados. As autoridades dos EUA dentre outras já usaram o modelo para vender itens de difícil negociação podemos assim dizer sendo um exemplo as frequências de rádios. Os participantes tendem a dar lances baixos por medo de pagar acima do valor de mercado segundo Robert Wilson, já Paul Milgrom chegou a uma teoria que quando os participantes sabem quando o concorrente vai oferecer nas licitações,eles tendem a dar lances maiores. O prêmio foi de 10 milhões de coroas suecas (cerca de R$ 6,3 milhões) que vai ser dividido pelos dois.

De acordo com Milgrom os licitantes pagam pela incerteza: “Por exemplo, se você estivesse fazendo uma licitação para petróleo em alguma área e não sabe quanto petróleo está lá embaixo. Os dados não estarão disponíveis até que você perfure ou licite para rádio espectro e você deseja saber o valor dele, depende de qual será a demanda futura ou o que vai acontecer com a tecnologia futura. Você tem que fazer estimativas disso que são guiadas apenas por dados. Se suas estimativas estiverem erradas, você estará sujeito à maldição do vencedor”.

A entrega do prêmio vai ser virtual devido a pandemia e será no dia 10 de dezembro. Paul R. Milgrom nasceu em Detroit, Michigan, no ano 1948, sendo que conseguiu o seu Phd em 1979 na Universidade de Stanford, hoje ele é professor dessa Universidade. Robert B. Wilson nasceu em Geneva, no ano de 1937. E obteve doutorado pela Universidade de Harvard em 1963, sendo que na atualidade é professor da Universidade de Stanford. Os dois juntos projetaram novos leilões no âmbito da publicidade pela internet e para aquisição de serviços complexos, a ideia é fazer leilões simples e diretos para o licitante, que valorizam os preços se comparados aos leilões tradicionais.

Paul Milgrom e Robert Wilson ganham Nobel de Economia 2020

Na última segunda feira dia 12, os norte-americanos Robert B. Wilson  e Paul R. Milgrom, de 83 anos e 72 anos respectivamente, ganharam o prêmio Nobel da economia pela invenção de uma nova forma de fazer leilão, os dois são professores na Universidade Stanford. De acordo com a Real Academia de Ciências da Suécia “Os vencedores deste ano estudaram como funcionam os leilões. Eles também usaram seus insights para criar um novo leilão e formatos para bens e serviços que são difíceis de vender de uma forma tradicional, como frequências de rádio. Suas descobertas beneficiaram vendedores, compradores e contribuintes de todo o mundo. Os leilões estão por toda a parte e afetam o nosso dia a dia”.

publicidade

Uma das coisas descobertas pelos professores é que devido a “maldição do vendedor” (pagar a mais e ter prejuízo) a oferta é abaixo da melhor estimativa sobre o valor comum. Diante disso eles criaram um formato de vendas que permite a venda simultaneamente, os itens são inter-relacionados. As autoridades dos EUA dentre outras já usaram o modelo para vender itens de difícil negociação podemos assim dizer sendo um exemplo as frequências de rádios. Os participantes tendem a dar lances baixos por medo de pagar acima do valor de mercado segundo Robert Wilson, já Paul Milgrom chegou a uma teoria que quando os participantes sabem quando o concorrente vai oferecer nas licitações,eles tendem a dar lances maiores. O prêmio foi de 10 milhões de coroas suecas (cerca de R$ 6,3 milhões) que vai ser dividido pelos dois.

De acordo com Milgrom os licitantes pagam pela incerteza: “Por exemplo, se você estivesse fazendo uma licitação para petróleo em alguma área e não sabe quanto petróleo está lá embaixo. Os dados não estarão disponíveis até que você perfure ou licite para rádio espectro e você deseja saber o valor dele, depende de qual será a demanda futura ou o que vai acontecer com a tecnologia futura. Você tem que fazer estimativas disso que são guiadas apenas por dados. Se suas estimativas estiverem erradas, você estará sujeito à maldição do vencedor”.

A entrega do prêmio vai ser virtual devido a pandemia e será no dia 10 de dezembro. Paul R. Milgrom nasceu em Detroit, Michigan, no ano 1948, sendo que conseguiu o seu Phd em 1979 na Universidade de Stanford, hoje ele é professor dessa Universidade. Robert B. Wilson nasceu em Geneva, no ano de 1937. E obteve doutorado pela Universidade de Harvard em 1963, sendo que na atualidade é professor da Universidade de Stanford. Os dois juntos projetaram novos leilões no âmbito da publicidade pela internet e para aquisição de serviços complexos, a ideia é fazer leilões simples e diretos para o licitante, que valorizam os preços se comparados aos leilões tradicionais.

publicidade