Petrobras reduz preços dos combustíveis nas refinarias a partir desta quarta

Petrobras reduz preços dos combustíveis nas refinarias a partir desta quarta

Já tem um tempo que o petróleo está em queda no mercado internacional  mesmo com as tentativas de estabilizar o mercado, uma das medidas tomadas foi o acordo entre participantes e aliados da Organização dos Países Produtores de Petróleo (Opep), ela tentava reduzir a produção de barris diária em 9,7 milhões, mas nem com essa tentativa a cotação melhorou.

publicidade

Com essa desvalorização mundial o nosso país não ficou imune é em anúncio a Petrobras disse que à partir da última quarta feira dia 15 vai reduzir o preço dos combustíveis nas suas refinarias.

publicidade

De acordo com o chefe da área de óleo e gás Thadeu Silva: “A gente teve o fechamento do acordo da Opep na última quinta-feira e o preço do mercado não reagiu mais, então acho que ela (Petrobras) achou que era a hora de reduzir… ela viu que a retomada (dos preços) não seria tão rápida”.

A estimativa é que a gasolina tenha um corte de 8%, com a diminuição o litro passaria a custar menos R$ 0,0860. Já o diesel terá uma queda de 6%, o que vai gerar uma redução de R$ 0,096 por litro.

publicidade

Esses novos preços e números vão corresponder a uma redução de 48,2% no ano para queda acumulada de gasolina e de 35,4% de queda acumulada correspondente ao diesel.

O bunker que para quem não sabe é o diesel marítimo vai ter uma redução de 6,2%, e a queda do combustível para térmicas será de 6,1%. Na última terça-feira o petróleo do tipo Brent estava sendo cotado por cerca de US$ 30, que corresponde a uma queda de 5,29%

publicidade

Acredita se que por causa da pandemia que trouxe graves consequências ao mundo e também por alguns problemas que aconteceram entre os principais petroleiros ocorreu uma queda de cerca de 15 milhões a 20 milhões de barris por dia, se for considerar esses números a queda no preço da gasolina no Brasil foi baixa.

Já para o consumidor as notícias não são boas apesar da gasolina ter caído cerca de 50% de preço nas refinaria, só 9 % de desconto foi passado para as bombas de gasolina com a mesma chegando a R$ 4,149, de acordo por pesquisa feita pela agência reguladora ANP, para o diesel o recuo foi um pouco maior nas bombas cerca de 12%.

publicidade
publicidade

Muitos são os fatores que interferem nos repasses de ajustes de preços dos combustíveis para o consumidor final, as vezes essa diminuição pode demorar um pouco devido a demanda, impostos, consumo de estoque. Com a quarentena o consumo caiu e alguns postos ainda estão com o estoque antigo. Mas mesmo assim os sindicatos de revendedores denunciam abusos e uma certa resistência dos distribuidores de passar os descontos ao consumidor final.