Programa Casa Verde e Amarela para negativados: Como Conseguir

publicidade

Se você escutou sobre o novo programa do governo que é uma releitura do Minha Casa Minha Vida, neste artigo vamos mostrar algumas informações sobre o Programa Casa Verde e Amarela para negativados.

O sonho da casa própria está presente na vida da maioria das pessoas, mas nem sempre está ao alcance das pessoas, com os imóveis cada dia mais caros tem hora que fica difícil conquistar esse sonho, principalmente para pessoas negativadas.

Programa Casa Verde e Amarela para negativados

Se você deseja saber mais informações sobre o programa Casa Verde e Amarela e está negativado, não deixe de acompanhar nosso artigo e ficar por dentro de tudo sobre o assunto.

O que é o Programa Casa Verde e Amarela

O programa Casa Verde e Amarela teve a sua criação no governo do presidente Jair Bolsonaro, sendo que no dia 25 de agosto de 2020 foi criada uma medida provisória que falava sobre o programa.

Ele têm o intuito de reformular o atual Minha Casa Minha Vida, e de atingir a redução da taxa de juros e a regularização fundiária, visando melhorar o programa já existente através de uma reestruturação. Busca-se fazer uma negociação de dívidas e oferecer mais oportunidades.

Como Funciona o Programa Casa Verde e Amarela

É um programa de financiamento imobiliário que ajuda brasileiros a realizarem o sonho da casa própria através de juros menores e subsídio, destinado a maiores de 18 anos que estejam entre os grupos contemplados e tenham interesse em participar.

É bem similar ao Minha Casa Minha Vida mudando pouca coisa do antigo programa, ainda se tem pouca informação sobre como realmente vai funcionar na prática por ser novo, mais abaixo buscamos falar um pouco sobre as principais características do programa para que você tire as suas principais dúvidas.

Quem está negativado pode conseguir?

Infelizmente a resposta é não. Apesar de ser um programa do governo, o Casa Verde e Amarela é um programa para compra de um imóvel. Diferente da faixa 1 do Minha Casa Minha Vida, onde por exemplo, a pessoa não poderia nem vender ou alugar o imóvel.

publicidade

No caso do Casa Verde e Amarela a Caixa libera uma carta de crédito imobiliário para a compra do imóvel, para a liberação dessa carta é feito análise de crédito, assim impossibilitando pessoas com restrição no nome de participarem do programa.

Grupos de financiamentos

O programa conta com 3 grupos divididos através da renda familiar.

  • Grupo 1 – para famílias com renda de até R$ 2.000;
  • Grupo 2 – para famílias com renda entre R$ 2.000 e R$ 4.000;
  • Grupo 3 – para famílias com renda entre R$ 4.000 e R$ 7.000.

 ou famílias residentes em áreas rurais, com renda anual de até R$ 84.000,00

Taxas de juros:

Moradores Sul, Centro Oeste e Sudeste:

  • Grupo 1 – Taxa de juros de 5% a 5,25% (não cotista do FGTS) e de 4,5% a 4,75% (cotista do FGTS)
  • Grupo 2 – Taxa de juros de 5,5% a 7% (não cotista) é de 5% a 6,5% (cotista)
  • Grupo 3 – Taxa de juros de 8,16% (não cotista) é de 7,66% (cotista)

Moradores Norte e Nordeste:

  • Grupo 1 – Taxa de juros de 4,75% a 5% (não cotista do FGTS) e de 4,25% a 4,5% (cotista do FGTS)
  • Grupo 2 – Taxa de juros de 5,25% a 7% (não cotista) é de 4,75% a 6,5% (cotista)
  • Grupo 3 – Taxa de juros de 8,16% (não cotista) é de 7,66% (cotista) 

Passo a Passo Para se Inscrever

Para se inscrever o primeiro passo é saber onde é o posto de atendimento do programa na sua cidade, depois com o endereço em mãos basta se dirigir a uma unidade portando os documentos mais abaixo descritos e solicitar a participação do programa.

publicidade

Se a demonstração de interesse é impossível participar do Casa Verde e Amarela, outro detalhe é que a pessoa deve esperar pela análise e possível aprovação no programa, caso tudo ocorra bem o interessado é avisado e o processo de financiamento se inicia.

Documentos necessários

Alguns dos documentos necessários para participar do programa são(é importante que todos estejam legíveis e válidos):

  • RG, CPF;
  • Comprovantes de endereço;
  • E os documentos do cônjuge se for o caso;
  • Certidão negativa de imóvel.
  • Certidão de nascimento;
  • Comprovante de renda, dentre outros documentos dependendo de cada caso.

A pessoa deve portar o documento original e cópia para agilizar o processo de inscrição.