Projeções para o Mercado Financeiro pós-quarentena: O que os especialistas dizem?

publicidade

O cenário é delicado e o futuro incerto hoje vamos falar um pouco sobre as projeções para o mercado financeiro pós quarentena de acordo com o que dizem os especialistas do ramo.

O ano de 2020 era para ser um ano de recuperação onde a economia começava a respirar, o mercado imobiliário e financeiro estavam esperançosos e tudo indicava bons números, porém fomos pegos de surpresa com o novo coronavírus e agora o cenário é bem delicado.

publicidade

Quer saber o que nos espera em um futuro próximo de acordo com os profissionais da área, até para que saiba como agir e se prepare para o futuro, leia atentamente esse artigo e tire as suas dúvidas.

publicidade

Projeções para o Mercado Financeiro pós-quarentena: O que os especialistas dizem?

Como coronavírus mudou o mercado financeiro

O coronavírus têm afetado o mercado financeiro de várias formas, por ser um vírus com alto índice de contágio, uma das maneiras de prevenção é a quarentena, que leva as pessoas a ficarem em casa. A maioria do comércio que não é essencial é obrigado a fechar o que gera grandes transtornos.

publicidade

Lojas e empresas em sua maioria estão fechadas em todo país ou com horário reduzido e com isso muito empregadores se viram sem recursos muitas empresas faliram, outras tiveram corte de gastos, alguns funcionários foram mandados embora ou ficaram sem remuneração.

A produção diminuiu drasticamente e afeta algumas áreas o que gerou alta de preços em produtos. O problema que é uma doença sem previsão para acabar, então quem não faliu está custando a se segurar no ramo e não sabe até quando vai conseguir se manter.

A área da saúde virou um caos hospitais lotados, falta de equipamentos de ventilação e remédios que acabam interferindo na economia, pois tudo tem um custo para o estado.

Trabalhadores autônomos

Se o comércio foi gravemente afetado com o covid-19, outra área que teve grandes prejuízos é a de trabalhadores avulso e informais que são grande parte da população brasileira cerca de 50%, muitas pessoas se viram como pode para sobreviver seja vendendo produtos na rua ou trabalhando para os outros.

publicidade
publicidade

Com a nova realidade essas pessoas perderam toda a renda e tentam se virar, se reinventar, o governo lançou o auxílio emergencial, mas não é o suficiente para manter essas pessoas.

Muitas são as áreas afetadas pelo coronavírus no país e no mundo e a recuperação ainda é incerta.

Projeção para o mercado financeiro o que esperar no pós quarentena

Infelizmente as projeções para o pós pandemia não são nada boas e a grande verdade é que até os especialistas mais otimistas estão desanimados o que pode se esperar é uma recessão, que vai ser lentamente superada. Vamos precisar de paciência e união para vencer esse momento tão difícil.

De acordo com  FMI a retração pode chegar a cerca de 3% e apesar de um número baixo, representa uma queda de mais de seis pontos percentuais em relação ao que se previa para o ano o que é bem significativo.

publicidade

Com o comércio abrindo e as pessoas livres da doença o mercado vai começar a reagir, a vida vai começar a voltar ao normal dentro do possível, infelizmente muitas pessoas não vão conseguir se reerguer do prejuízo, muitas empresas vão fechar e o número de desempregados será grande.

Muitas pessoas estarão endividadas e vão ter de dar um duro danado para se manter e pagar as contas. A recuperação vai ser lenta e o que foi causado até agora pode demorar anos para se normalizar, mas o fim da pandemia vai ajudar muito para que as coisa comecem a andar.

O que os especialistas dizem

De acordo com os especialistas com o fim da quarentena o consumidor se tornará mais poupador o que acontece é que o coronavírus atingiu e ainda vai atingir muita gente em vários sentidos e a área financeira é a mais atingida, com isso a tendência de consumo é diminuir.

O consumidor vai se tornar mais poupador isso por causa das inseguranças futuras, somente os setores essenciais devem ter mais lucro. As pessoas vão ter de se adaptar de novo é vai ser difícil voltar como antes e um lento processo.

publicidade

Outros especialistas esperam um cenário semelhante ao pós guerra de difícil recuperação . Também é esperado uma desvalorização da moeda brasileira e aumento dos preços de produtos importados e diminuição dos preços dos produtos exportados. 

publicidade

É bem provável que os carros chefes da economia brasileira percam muito valor no mercado externo como o ferro, alumínio, soja, carne.

“No final, o ajuste entre preços e quantidades, entre demandantes e ofertantes, fará os produtos primários, principais itens da pauta de exportação brasileira, serem produzidos a preços maiores e a quantidades menores, de modo que o Brasil terá enormes perdas naquilo que, até então, era o carro-chefe e setor dinâmico da economia brasileira: as exportações”, De acordo com o especialista Domingues..

Infelizmente as projeções não são as que queríamos, mas com calma e bom ânimo a gente vai se recuperando.

publicidade