Consórcio de carros e motos Honda: Veja como fazer e se vale a pena.

publicidade

Está pensando em fazer um consórcio? Já ouviu falar do consórcio de carros e motos da Honda? Continue com a gente que vamos falar um pouquinho sobre o tema. Hoje em dia ter um veículo é essencial no nosso cotidiano, eles são responsáveis por descomplicar muito a nossa vida.

Mas a grande verdade é que nem todo mundo tem condições de ter um automóvel, comprar um carro pode ser muito oneroso para pessoa, então entra na jogada algumas alternativas e o consórcio é uma delas.

publicidade

No consórcio você paga parcelas que são mais amenas que as de um financiamento. Se você pretende fazer um consórcio quer comprar o seu veículo, mas tem dúvidas? Vem com a gente esse artigo é para você.

Logo da honda consórcios

Recomendações

Recomendamos fazer um consórcio na Honda por ser uma empresa séria e consagrada no mercado com anos de experiência e um nome forte, indicamos para quem está a procura de adquirir um veículo e não tem como pagar á vista ou por outras maneiras. Sendo o consórcio uma boa alternativa e com bom retorno quando feito no lugar certo.

O que é?

Toda administradora quando no início pede junto ao banco central para abrir um consórcio, quando ela ganha autorização, ela começa a reunir um grupo de pessoas que deseja comprar um veículo, precisa de uma quantidade certa de modo a ficar viável. 

Com a Honda não foi diferente hoje já consagrada e de peso no ramo o que dá mais credibilidade e força ao seu consórcio, basicamente cada membro contribui com um valor mensal, esse dinheiro forma o fundo comum e com o tempo vai contemplando cada um.

É como se fosse um financiamento só que bem mais em conta e sem juros, só paga uma taxa de administração. Podem durar de 12 a 180 meses.

Como Funciona?

Você entra em contato com a Honda demonstra interesse em seu consorcio, caso seja aprovado passa a pagar uma quantia por mês, então a cada mês tem um sorteio, a escolha pode ser por meio de maior lance também.

publicidade

Então o sorteado ou aquele que pagar o maior lance é contemplado no consórcio passa a ter direito ao carro e as parcelas restantes do que falta do carro você paga com o tempo. E como se fosse uma economia de colaboração.

Várias pessoas se reúnem buscando um bem comum e no final, todas são contempladas, quando isso ocorre a pessoa recebe uma carta de crédito, ou seja, ela não ganha o veículo em si, ganha um documento que lhe garante a compra, aí ela tem de ir na concessionária e apresentar a carta e comprar o automóvel.

Consórcio para pessoa física e jurídica?

O consórcio pode ser feito tanto para pessoa física, como por pessoa jurídica basicamente funciona da mesma forma para os dois, ou seja, tanto a pessoa física quanto jurídica ao ser contemplada ganha uma carta de crédito a ser usada de modo a escolher a moto desejada.

O consórcio em si, funciona como uma poupança forçada pode se comparar assim, logo pode ser um bom investimento para empresas e pessoas comuns o que traz benefícios às duas, e tirando alguns riscos se você tiver sorte de pegar um grupo de consórcio legal só tende a ganhar.

No caso da pessoa jurídica por exemplo, a empresa pode precisar de uma frota de motos para fazer a sua entrega ou nas atividades do cotidiano, mas não quer afetar o capital de giro com uma aquisição imediata, por exemplo.

Nesse caso o consórcio pode ser uma boa saída, logo a administradora reúne empresas e pessoas com o mesmo modo de pensar e vontade de aquisição pelo mesmo modelo em um consórcio próprio.

Prós e Contra

Como em tudo na vida o consórcio tem seu ponto positivo e também o ponto negativo, depende que todos que participam do grupo do consórcio, paguem em dia para correr bem, pois caso o índice de inadimplência seja alto as parcelas podem ser revistas tem certo risco.

Por isso a importância de se escolher uma seguradora séria que escolhe bem seus membros possuem bom planejamento e contabilidade para que você não tenha surpresas.

 Mas ao mesmo tempo, das incertezas tem os seus pontos positivos com taxas mais atrativas que o financiamento em si, tem se mostrado uma boa saída para quem precisa de um veículo e não tem como pagar à vista e quer correr dos juros dos financiamentos.

Abaixo os prós e contras:

Prós

Taxa baixa
Facilidade de conseguir um veículo
Prazo para pagar
Parcelamento flexível
Sem taxa de juros
Permite compras à vista

Contra

A contemplação pode demorar
Possui risco
Taxa administração

 

Taxa de juros

Você paga somente o valor do carro é uma taxa que varia de 14% a 20% correspondente a administração, não existem juros em si, outros encargos podem ser cobrados como fundo de reserva para cobrir eventuais inadimplências, mas varia de acordo com cada consórcio.

Vale à pena?

Vale á pena para quem não pode comprar à vista, e pretende pegar empréstimo ou fazer financiamento, pois os consórcios são mais em conta, não possuem taxa de juros.

A Honda construiu o seu nome de mercado e possui muita credibilidade, presente no ramo desde 1981 já tem 38 anos de experiência e nesse período já contemplou cerca seis milhões de pessoas a realizar o sonho da moto própria.

Como fazer o consórcio online?

Basta entrar no site na página da Honda, fazer uma simulação no simulador disponível no site, escolher  sua moto ou carro desejado e a concessionária, e então selecionar o quadrinho adquira a sua cota com um revendedor autorizado.

Eles entram em contato com você perguntam os seus dados e escolhem o melhor consórcio de acordo com o seu perfil. Um detalhe é que eles te colocam em um grupo de pessoas que desejam uma moto ou carro no mesmo valor ou modelo da sua escolha, para que as parcelas pagas sejam iguais.

É importante pagar as parcelas em dia, existem assembleias mensais onde o participante pode ser contemplado por sorteio, lance fixo e lance livre, até o encerramento do consórcio todos os participantes serão contemplados então é só aguardar.

Nossa opinião sobre os consórcios?

Olha quando o assunto é comprar qualquer coisa a maneira mais lucrativa é à vista, porque você ganha altos descontos, não tem perigo de ficar pagando por muito tempo e não conseguir cumprir com a parcela.

publicidade

Mas para aquela pessoa que precisa de um veículo não tem como pagar à vista o consórcio é uma boa saída se comparado, por exemplo, com os financiamentos o meio que geralmente as pessoas recorrem.

Pois, quando você é contemplado geralmente já se dispôs de um montante, principalmente se for lance, aí o que falta você divide de modo que consiga pagar só que sem juros e pagando uma taxa relativamente baixa se comparada aos financiamentos, com mais vantagens.

Então a gente indica que a pessoa tente sim um consórcio se não puder pagar à vista antes de tentar outros meios ele tem se mostrado bem viável.