Open Banking: O que é , Como vai funcionar e as vantagens

publicidade

Se você já escutou falar em Open banking ou se não escutou, mas tem curiosidade em saber mais sobre o assunto, nós vamos te ajudar com algumas informações interessantes sobre o tema.

Uma nova maneira de ver o mundo financeiro que pretende unificar operações e diminuir taxas de juros para fazer operações com melhor custo benefício a mais nova aposta do Banco Central veio com tudo e promete transformar o mercado atual.

publicidade

Se você deseja saber um pouco mais sobre esse assunto, saber direitinho o que é ,como vai funcionar no Brasil a data prevista para o início, não deixe de acompanhar nosso artigo e ficar por dentro de tudo.

publicidade

Open Banking

O que é o Open Banking ?

Segundo o Banco Central o open banking é um tipo de sistema onde ocorre compartilhamento de dados, serviços financeiros e informações feito pelos clientes de bancos utilizando plataformas de tecnologia, desde que seja autorizado, e assim ter acesso a melhores taxas, e prazos. Essa é a nova aposta do Banco Central no intuito de reduzir as taxas de juros que visa uma oferta de produtos de melhor qualidade e com preços mais em conta o que vai gerar mais competição no sistema financeiro.

publicidade

De acordo com o diretor de Regulação do BC, Otávio Damaso.”Eu tenho uma conta no banco X, e tenho o cheque especial. Posso muito bem permitir que um terceiro [outra instituição financeira] tenha acesso a essas minhas informações da conta corrente. No momento em que esse terceiro identifica que eu vou entrar no cheque especial, ele me oferece um crédito mais barato”. 

O Open Banking permite que sistemas e aplicativos diferentes possam interagir entre si sem impedimentos e trocar dados e informações. A ideia é aumentar a autonomia dos clientes e trazer mais ofertas de serviços com preços melhores, ou seja permitir mais concorrência com mais liberdade e acesso de dados.

Como Vai funcionar no Brasil?

O primeiro passo é o acesso ao público a dados de instituições que participem do Open Banking, depois vai ter um compartilhamento entre instituições participantes de dados sobre os clientes e de representantes e o compartilhamento do serviço de iniciação de transação de pagamento e de encaminhamento de propostas entre instituições participantes.

Depois vai ocorrer a expansão da plataforma de dados para abranger outras operações como as operações de câmbio, investimentos, seguros e previdência complementar.

publicidade
publicidade

De acordo com Pinho de Mello “Se compararmos a abrangência do modelo de ‘open banking’ proposto no Brasil com o que se fez internacionalmente, em diversas iniciativas como União Europeia e Reino Unido, a abrangência é bastante ambiciosa do nosso ‘open banking’. Isso reflete na decisão do BC de promover uma mudança que beneficie de sobremaneira os consumidores”.

Para os bancos não vai ser uma boa ideia porque agora ele vai ter de compartilhar informações que antes eram exclusivas o que vai permitir que fintechs tenham acesso, por exemplo, e possam fazer propostas mais vantajosas, essa é a principal instituição que vai ter de se adaptar ao novo aplicativo, pois é totalmente ao contrário de como essas instituições trabalham hoje.

Ou seja um cliente ou instituição vai ter acesso a todo um histórico sem ter de necessariamente começar uma relação do zero com a instituição, ele vai poder analisar perfis mais facilmente e vai poder levar para onde quiser.

publicidade

Vai facilitar uma pessoa a migrar de banco ou contratar um serviço financeiro sem ter de passar por toda burocracia atual.

publicidade

Data prevista para o início do Open Banking

Ao que tudo indica a partir de 30 de novembro deste ano o open banking já começa a funcionar no Brasil sendo  que de acordo com a banco central somente em outubro de 2021 que o sistema estará totalmente implementado no país.

Agora o processo de regulamentação começou em maio, no dia 4 após aprovação do conselho monetário nacional.

Vantagens do Open Banking

  • Liberdade e autonomia , pois não tem mais aquela burocracia e dificuldade em se mudar de banco, onde sempre acaba perdendo dados, aqui é tudo aberto e livre.
  • Menos custos: Pois aqui não tem intermediários e tudo rápido e fácil
  • publicidade
  • Mais competição: Como você vai ter acesso simplificado a vários serviços cada instituição vai tentar oferecer o melhor e mais barato serviço possível para não perder clientes.