Plano de Previdência Privado: é um Boa opção?

Se você está em busca de uma previdência privada para garantir a sua aposentadoria futura, principalmente depois das mudanças do novo governo, neste artigo vamos mostrar o que é o plano de previdência e se ele é uma boa opção.

O brasileiro é um povo que está sempre preocupado em garantir o futuro sendo a previdência privada uma alternativa interessante, para quem deseja ter essa estabilidade futura, principalmente agora que a aposentadoria tradicional foi dificultada e poucos terão acesso.

Se você deseja saber mais sobre a previdência privada e descobrir se realmente vale a pena na prática, não pode perder esse artigo e ficar por dentro de informações valiosas sobre o assunto, para que melhor possa escolher se deseja ter a sua.

publicidade

Plano de Previdência Privado: é um Boa opção?

O que é um Plano de Previdência Privado

É um tipo de investimento podemos assim dizer que é uma opção alternativa a previdência como conhecemos, no caso o INSS. Ela é independente do INSS geralmente feito por bancos e corretoras, possui vantagens e desvantagens que veremos a frente. 

É algo a longo prazo para quando a pessoa for aposentar e quanto mais tempo você investe menor são os impostos cobrados, aqui para dar certo você deve investir todo mês quantias parecidas para depois ter um retorno.

Como Funciona Plano de Previdência Privado

Depende do tipo de plano, mas no geral você contribui com uma quantia mensalmente ou pode ser única, essa quantia deve ser igual ou maior a estabelecida pelo banco ou corretora e depois você resgata os valores investidos.

Existe uma carência para resgatar esses valores e quanto maior o tempo que você deixa o dinheiro menor são os impostos, outro ponto é que se faz uma simulação de quanto você deseja receber por uma quantidade de tempo ao se aposentar e quanto você deve contribuir mensalmente para depois resgatar os números desejados, podemos assim dizer.

Quem pode aderir ?

Qualquer pessoa pode fazer uma previdência privada aqui não tem comprovante de renda ou idade, por exemplo se um pai quiser fazer uma para o seu bebe é plenamente possível na maioria das previdências disponíveis no mercado.

Vantagens X Desvantagens

Vantagens:

Tributação flexível: você pode escolher entre a tributação regressiva ou progressiva.
Benefício fiscal: Você pode abater uma parte no seu imposto 
Sem come-cotas: imposto cobrado em fundo de investimento a cada 6 meses, aqui ele não existe
Disciplina: você pode colocar no débito automático
Opção de usufruir os recursos: você escolhe se quer sacar a quantia de uma vez, sacar aos poucos 
Portabilidade: você pode trocar de fundo sem perder o tempo do Imposto de Renda
Não entra no inventário: a renda é liberada para os beneficiários sem necessidade de inventário

Desvantagens:

Custos altos: as taxas de administração são elevadas levam grande parte dos ganhos. A taxa de carregamento reduz o valor aplicado mensalmente
Tributação: quando se resgata em prazos menores que 10 anos, a tributação chega a 35%. A escolha do modelo de tributação no resgate é feita no início que nem sempre é uma boa. É preciso experiência para não fazer aplicação errada e pagar mais impostos.
Sem garantias: Se a instituição falir você perde o que investiu não tem uma garantia segura do retorno é uma aposta.

Onde Fazer o Plano de Previdência

Você pode fazer um plano de previdência tanto em bancos como em corretoras, hoje praticamente todo banco possui uma previdência privada, busque um banco mais tradicional para não correr risco de falir e você perder o dinheiro.

Basicamente existem dois tipos de previdência privada a PGBL (Plano Gerador de

Benefício Livre), essa é uma previdência ideal para quem possui renda maior e que faz declaração completa de IR, pois o valor da previdência pode ser abatido no imposto em até 12%, e o imposto relativo só é pago quando você retira o dinheiro, mas sobre todo o valor acumulado.

O outro é VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre), para quem possui renda menor é o mais indicado, a tributação pode ser regressiva ou progressivamente o investidor que escolhe, o imposto de renda é sobre os rendimentos acumulados no período e não a totalidade.

Principais instituições que oferecem previdência e breve comparação:

Seguradora Carregamento Administração Saída Índice de atualização de valores
PGBL        
Bradesco Vida e Previdência S.A. De 1,2% a 4,5%  0,8% De 0,3% a 0,5%  IGP-M/FGV
Brasilprev Nosso Futuro Seguros e Previdência S.A. 3,40% 3,5% 0,38% IPCA/IBGE
Caixa Vida e Previdência S.A. 0% 3% 0% IGP-M/FGV
HSBC Vida e Previdência (Brasil) S.A. 0,75% 3% 0,38% IPCA/IBGE
VGBL
Bradesco Vida e Previdência S.A. De 1,2% a 4,5%  0,8% De 0,3% a 0,5%  IPCA/IBGE
Brasilprev Nosso Futuro Seguros e Previdência S.A. 3,4% 3,5% 0,38% IGP-M/FGV
Caixa Vida e Previdência S.A. 1% 1,5% 0,38% IGP-M/FGV
HSBC Vida e Previdência (Brasil) S.A. 0,75% 3% 0% IPCA/IBGE
Itaú Vida e Previdência S.A. 0,8% 2,8% 0% IPCA/IBGE

Dá para fazer online?

Você pode entrar no site do banco ou seguradora escolhido e fazer uma simulação online para saber melhor se vale a pena, é interessante fazer essa simulação em vários locais para escolher o mais rentável, após escolher é só enviar os dados pedidos e finalizar o processo que pode ser realizado na maioria dos locais todo online caso o cliente queira. 

Recomendações

Depois de analisarmos bem chegamos a conclusão que antes de fazer uma previdência privada a pessoa deve pesquisar muito saber de cada custo, dos impostos cobrados, saber de como o banco e instituição se comportam se é uma instituição confiável.

Outro ponto é às vezes é melhor investir em um banco mais tradicional como o do Brasil, que dificilmente vai falir a não que o país entre em uma crise feia, que fazer a previdência em uma corretora por exemplo, mesmo que os ganhos sejam maiores. Aqui se deve pesquisar bem antes da escolha.